Newsletter


Receba nossas novidades.
Cadastre seu email.


Consulta Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito)



Mérito Lojista 2019


Parada Natalina 2018


Itajubá adere ao Minas Consciente e entra na ‘Onda Amarela’ do programa estadual

06/08/2020

Por Herika Nogueira Comunicação Integrada Assessoria em Comunicação CDL Itajubá

Itajubá aderiu ao Plano ‘Minas Consciente’, por meio do Decreto Nº 7991/2020, de 3 de agosto de 2020. A adesão do município foi estimulada pela reformulação do programa do governo estadual, para a retomada das atividades econômicas adaptada ao atual momento da pandemia do novo coronavírus, mantendo como prioridade a saúde das pessoas, anunciada pelo governador Romeu Zema, no dia 29 de julho.

As novas regras do ‘Minas Consciente’ passam a vigorar no próximo sábado (8/8), considerando a realidade de cada município. No novo plano, os empresários serão norteados por critérios de segurança estabelecidos por um protocolo sanitário único que, além de orientações básicas e gerais (comum a todos os setores), traz capítulos específicos para determinados setores, tais como: acomodações, atividades esportivas, normas para grandes espaços, entre outros.

A Câmara de Dirigentes Lojistas - CDL Itajubá informa que, de acordo com o decreto municipal, em seu Art. 3º, são deveres do empresário respeitar as seguintes condições para retomar a atividade comercial:
I – estar ciente das condições e diretrizes do Plano Minas Consciente;
II – implementar e manter todos os procedimentos e protocolos gerais e específicos aplicáveis ao estabelecimento;
III – garantir as regras de postura pelos clientes e pelos empregados ou similares dentro de seu estabelecimento;
IV – manter fixado na entrada do estabelecimento, de forma visível e legível, a relação de procedimentos previstos no protocolo respectivo ao seu segmento ou atividade.

Para conferir o novo protocolo do ‘Minas Consciente’ clique AQUI.

Itajubá entra na ‘Onda Amarela’

Ao aderir ao novo ‘Minas Consciente’, Itajubá entra diretamente na ‘Onda Amarela’ do programa. Indicadores de saúde pública por macrorregião e microrregião, analisados pela Secretaria de Estado de Saúde, enquadraram o município na Onda Amarela, permitindo a abertura de serviços não essenciais, como bares e restaurantes.

Ondas

As ondas são definidas pelo Comitê Gestor do Plano de Prevenção e Contingenciamento em Saúde do COVID-19 – Comitê Extraordinário COVID-19 – com base na incidência da doença na localidade, na capacidade de atendimento e na velocidade de avanço da doença.

O novo ‘Minas Consciente’ traz três ondas: Onda Vermelha, quando é permitido abrir somente serviços essenciais; Amarela, quando serviços não essenciais também são autorizados; e Verde, que incluem serviços não essenciais com alto risco de contágio. As cores funcionam como um semáforo:

Onda Vermelha – serviços essenciais
- Supermercados, padarias, restaurantes, lanchonetes, lojas de conveniência; - Bares (somente para delivery ou retirada no balcão); - Açougues, peixarias, hortifrutigranjeiros; - Serviços de ambulantes de alimentação; - Farmácias, drogarias, lojas de cosméticos, lavanderias, pet shop; - Bancos, casas lotéricas, cooperativas de crédito; - Vigilância e segurança privada; - Serviços de reparo e manutenção; - Lojas de informática e aparelhos de comunicação; - Hotéis, motéis, campings, alojamentos e pensões; - Construção civil e obras de infraestrutura; - Comércio de veículos, peças e acessórios automotores.

Onda Amarela – serviços não essenciais
- Bares (consumo no local)
- Autoescola e cursos de pilotagem
- Salão de beleza e atividades de estética
- Comércio de eletrodomésticos e equipamentos de áudio e vídeo
- Papelaria, lojas de livros, discos e revistas
- Lojas de roupas, bijuterias, joias, calçados, e artigos de viagem
- Comércio de itens de cama, mesa e banho
- Lojas de móveis e lustres
- Imobiliárias
- Lojas de departamento e duty free
- Lojas de brinquedos

Onda Verde – serviços não essenciais com alto risco de contágio
- Aluguel de objetos pessoais e domésticos
- Clubes, academias, atividades de lazer e esportivas
- Eventos, museus, cinemas e atividades incentivadoras de grandes aglomerações
- Outras atividades de serviços pessoais
- Turismo

Empresário, confira em qual onda seu estabelecimento está clicando AQUI.

Indicadores

Indicadores foram adotados para monitorar o avanço ou retrocesso das ondas por macro e microrregiões.

Os indicadores são:
• Taxa de Incidência Covid-19;
• Taxa de Ocupação de leitos UTI Adulto;
• Taxa de Ocupação por Covid-19;
• Leitos por 100 mil habitantes;
• Positividade atual RT-PCR;
• % de aumento da incidência;
• % de aumento da positividade dos exames PCR.

Os dados são agregação conforme peso e nota de cada indicador.

A análise que possibilitará o avanço da onda Onda Vermelha – Fase 1 (atividades essenciais) para a Onda Amarela – Fase 2 (atividades não essenciais) é semanal.

A análise para avanço da Onda Amarela – Fase 2 (serviços não essenciais) para a Onda Verde (serviços não essenciais com alto risco de contágio) é feita a cada 28 dias.

A regressão de qualquer região pode acontecer a qualquer momento, desde que os dados analisados pela Secretaria de Estado de Saúde apresentem risco à saúde das pessoas.

Para que Itajubá se mantenha na Onda Amarela ou avance para a Vermelha, no sentido de equilibrar a retomada econômica com a saúde da comunidade, a CDL Itajubá orienta quanto a extrema importância da contínua adoção de medidas de segurança, tais como: uso de máscara por todas as pessoas; distanciamento de 2 metros entre pessoas; higienização das mãos; e número limitado de pessoas dentro de um estabelecimento.

Veja, AQUI, os municípios que aderiram ao Minas Consciente até o momento.

 

Fonte: CDL BH


Voltar

Movimento lojista em todo Brasil

Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Minas Gerais - FCDL-MG
Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas

CDL Itajubá

Praça Wenceslau Bráz, 42
Centro Itajubá-MG
Tel:(35) 3622-3511/3622-3905

Redes Sociais

Facebook
Twitter