Buscar

Buscar

“Xô, Divida” 2019 faz capacitação para os negociadores

[views count="'1" print="1"]

Empresas que integram a quarta edição da “Xô, Dívida”, campanha de recuperação de crédito promovida pela CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas) de Itajubá participaram nesta quarta-feira, 30 de outubro, da palestra “Negociação de Dívidas para Bons Resultados”, ministrada pela professora universitária, a economista Diene Eiry da Silva.

O objetivo do treinamento foi apresentar, de maneira prática, técnicas de negociação para atrair o inadimplente e mostrar a ele a importância de quitar sua dívida junto ao comércio local. Participaram da atividade a analista técnica do Sebrae, Andresa Cristina da Silva, e a gerente administrativa da CDL, Lúcia Campos.

“É um prazer ser parceiro da CDL nesta campanha, que é tão importante para o varejo e serviços de Itajubá. Nós, do Sebrae, estamos à disposição para ajudá-los dentro do nosso escopo de atendimento”, disse Andresa Cristina da Silva. Pela primeira vez, o Sebrae apoia a campanha, que oferece condições especiais, com redução de juros e parcelamentos, para que o inadimplente regularize sua situação financeira. A “Xô Dívida!” foi premiada pela FCDL-MG como melhor iniciativa na categoria “Relacionamento com Associados”.

Este ano, a campanha será realizada entre os dias 1º de novembro e 07 de dezembro. No ano passado, a terceira edição da “Xô, Dívida” registrou um aumento de 42% no número de negociações realizadas, em comparação com edição anterior, em 2017.

Durante a palestra, Diene Eiry citou as principais causas de inadimplência no Brasil nos dias atuais: aumento do desemprego; diminuição da renda média familiar; compras feitas para terceiros, que emprestam cheques ou cartão de crédito do inadimplente; ausência de educação financeira de boa parte das famílias; falta de controle de gastos; atrasos de salários; e doenças.

De acordo com a consultora, 51% dos inadimplentes são mulheres; 41% são casados; 66% têm idade entre 21 e 40 anos; 38% concluíram o Ensino Médio; e 50% se tornaram inadimplentes com compras entre R$ 50,00 e R$ 200,00.

Para Diene Eiry, pegar dinheiro emprestado “só faz sentido se for para a gente crescer”. Isso baseado em outros números nacionais apresentados por ela: 34% dos inadimplentes vivem fora do real padrão de sua renda e 39% fazem compras por impulso.

A CDL Itajubá acredita que a campanha deste ano deverá superar a de 2018 porque o governo federal liberou saques de até R$ 500,00 do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), e uma parte considerável deverá optar pelo pagamento de dívidas.

 

Fonte: Agencia Contexto

Compartilhar

WhatsApp
Facebook
Twitter
Telegram

Últimas Notícias

Notícias Relacionadas

Seja Associado CDL Itajubá

Preencha o formulário abaixo para receber nossa proposta de filiação.
Em caso de dúvidas, contate (35) 3622-3511 (Fixo / Whatsapp), de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h.

Solicite a 2ª Via de Boleto

Preencha o formulário corretamente e aguarde que encaminharemos a 2ª via de seu boleto.

Cadastro de Vagas

Cadastre as vagas de sua empresa.

Receba o Boletim Bom Negócio

Fique informado sobre as soluções CDL Itajubá para o seu negócio e atualizado com as principais notícias para o varejo e serviços. O Boletim Bom Negócio será enviado semanalmente para o seu e-mail.